Cânticos de Barbearia

Dia 25 de março, sábado, 21h30, o Cine-Teatro de Estarreja irá receber “Cânticos de Barbearia” da autoria de Carlos Tê, ou o dia em que Tony de Matos e Lupicínio Rodrigues se encontraram.
:
  

Lupicínio no Brasil, tal como Tony de Matos em Portugal, foram os últimos dos cantores românticos, onde o amor e a traição andavam sempre juntos nas suas canções. É um encontro imaginário destes dois artistas, que apesar de terem frequentado as mesmas salas de espetáculos nos anos cinquenta e sessenta, nunca se cruzaram, o ponto de partida para a peça musicada de Carlos Tê, uma reflexão sobre a importância da canção enquanto utensilio de sobrevivência e ascensão social do povo. O “escritor de canções” conhecido de todos os portugueses rodeou-se nesta aventura de palco de uma equipa jovem e muito experiente, com destaque para a encenadora Luisa Pinto, o ator Pedro Almendra – nomeado para melhor ator – Prémios SPA e Eduardo Silva, músico portuense com passagem pelos “Pluto”, que interpreta ao vivo a banda sonora do espetáculo.

Neste sentido, Carlos Tê, responsável pelo texto e direção musical, e Luisa Pinto, encenação, cenografia e figurinos, estão disponíveis para uma entrevista caso pretendam, no sentido de darem a conhecer o espetáculo que depois de ter estreado, ontem, na Casa das Artes em Famalicão, sobe ao palco do grande auditório do Cine-Teatro de Estarreja .

 

 

Mais nesta secção

:
Festival Pão Nosso

Mais Lidas