Vista Alegre reinventa iluminação em porcelana e cristal

A Vista Alegre, uma das mais importantes e aclamadas marcas de porcelana, cristal e vidro manual do mundo, acaba de lançar uma inovadora coleção de iluminação.
:
  

Com um leque de mais de duas dezenas propostas nos segmentos clássico e contemporâneo, entre candeeiros de mesa, de teto, ou lustres em cristal, na reinvenção da iluminação da Vista Alegre sobressai em E2H – Earth to Humanity, uma parceria entre a Vista Alegre e o visionário designer britânico Ross Lovegrove.

Conhecido por desafiar os limites da matéria e por colocar a tecnologia ao serviço do Homem, Ross Lovegrove deixou-se fascinar pelas possibilidades que a porcelana e a fábrica Vista Alegre lhe apresentavam.

Do encontro entre um designer visionário e uma empresa com quase duzentos anos de história que esteve sempre na vanguarda da inovação, nasceu E2H – Earth to Humanity, uma linha de quatro candeeiros, cujas formas puras e orgânicas sustêm um rendilhado cirúrgico de relevos que, em conjugação com um complexo jogo de luzes LED, que exigiu à marca centenária de porcelana um intenso trabalho de investigação e desenvolvimento, permitiu criar verdadeiras peças de arte moderna.

A linha E2H – Earth to Humanity by Ross Lovegrove é composta por três candeeiros em porcelana biscuit – HRYB, Nervi (em homenagem ao arquiteto Pier Luigi Nervi) e Urqino –, que se distinguem por um design orgânico com a linguagem muito própria do designer britânico. As peças apresentam-se como esculturas contemporâneas, mas transmutam-se surpreendentemente quando são ligadas – a porcelana biscuit, sedosa, mas opaca, revela uma explosão tridimensional de translucências ao ser iluminada pelos engenhosos LEDdesenvolvidos em exclusivo para a Vista Alegre. 

Ommati, o candeeiro de cristal desenvolvido por Ross Lovegrove para a Vista Alegre, apresenta uma colmeia de relevos hábil e manualmente lapidado pelos artesãos da marca, produzindo um efeito caleidoscópico de luz assim que é ligado. “A experiência partilhada da pesquisa e descoberta com a Vista Alegre foi das mais gratificantes da minha carreira”, afirmou Ross Lovegrove sobre a sua colaboração com a Vista Alegre.

A aposta da marca portuguesa no novo segmento de iluminação contemporânea é também reforçada por Hemisfério, de Pablo Mateu Andújar. A translucidez de Hemisfério é acentuada pelo design inesperado, a exigência técnica dos relevos e a espetacular componente elétrica.

O designer alemão Mendel Heit, cujas anteriores criações para a Vista Alegre conquistaram algumas das mais importantes distinções internacionais de design (um Iconic Award 2018 e um German Design Award Nominee 2017, para as peças Midnight e um German Design Award Special 2018 para Precious), concebeu o candeeiro Multiply, unindo de forma fascinante a porcelana e o cristal, numa simbiose magistral da qual resulta um candeeiro que multiplica as possibilidades dos materiais, expandindo-se em reflexos intensos e inesperados.

Nesta sua nova coleção de iluminação, a Vista Alegre apresenta também uma linha clássica de candeeiros, reeditando algumas das suas criações carismáticas, como Coluna ou os elegantes lustres clássicos em cristal. A oferta de novos produtos que irão apelar a um público exigente e requintado, que privilegia uma abordagem mais tradicional, apresenta igualmente propostas concebidas por designers de renome. É o caso de Comtesse e Duchesse, candeeiros em cristal desenhados pelo designer francês Sam Baron, inteiramente lapidados à mão. Os candeeiros de teto Blooming, com um e três braços, são uma delicada criação da designer indonésia Carissa Santöso, no qual a sobriedade do branco combina com um gracioso desenho inspirado nas borlas de cortinados antigos.

Mais Lidas