IPN rumo a Itália para promover solução inovadora de revestimento para edifícios

O Instituto Pedro Nunes (IPN), Coimbra, coordena o projeto europeu GELCLAD, um sistema inovador de isolamento e revestimento de fachadas com excelentes propriedades isolantes que permite uma redução de cerca de 20 por cento no consumo de energia. O projeto vai ser promovido pelo Laboratório de Ensaios, Desgaste e Materiais do IPN (LED&MAT) na “International CAE Conference”, um evento dedicado às Ciências da Engenharia de Simulação Baseada, que vai decorrer em Vicenza, Itália, nos próximos dias 6 e 7 de novembro.
danilopavone:
    danilopavone

O projecto GELCLAD visa a criação de um um novo sistema de revestimento para fachadas de edifícios, económico, durável e de fácil instalação, com excelentes propriedades de isolamento térmico baseadas em nanotecnologia. O produto GELCLAD será um painel multiestruturado que integra um revestimento compósito e um isolamento em aerogel, apresentando-se como um produto inovador que supera as propriedades oferecidas pelos sistemas de isolamento de fachada tradicionais e que terá um impacto real na poupança de energia em edifícios. 

Os principais impactos esperados com o GELCLAD são uma redução em cerca de 20 por cento no consumo de energia, comparativamente com painéis tradicionais, e a disponibilização de um novo sistema de revestimento duradouro, especialmente dedicado à reabilitação urbana, capaz de reduzir custos de instalação e de manutenção.

O consórcio do projeto GELCLAD é composto por 12 parceiros de cinco países (Portugal, Espanha, Reino Unido, Alemanha e Eslovénia), sendo coordenado pelo Instituto Pedro Nunes. É um projeto financiado pela União Europeia, no âmbito do Programa H2020.

Mais nesta secção

Mais Lidas

:
Do valor da palavra