Waterfisher: o dispositivo que recolhe água onde não há acessos

Está em fase de patenteamento, o dispositivo desenvolvido por investigadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e que permite recolha de amostras de água em locais de difícil acesso e sem recurso a transporte aquático. Chama-se Waterfisher.
:
  

Segundo João Sousa, um dos investigadores, "este dispositivo é lançado para o local pretendido a partir das margens das massas de água, sem comprometer a segurança do utilizador, visto que este não tem a necessidade de entrar na água". Trata-se de uma solução rápida e simples de preparação de amostras resulta de um processo inovador e versátil.

O dispositivo está vocacionado para prestar serviços a entidades públicas e privadas e unidades de investigação que desenvolvam estudos de controlo de qualidade de águas ao nível da ordem ambiental, da gestão de parques e dos espaços naturais, entre outros.

Mais nesta secção

Mais Lidas

:
Do valor da palavra